De médico para médico, mas sem jaleco. Essa é a proposta da WeDoc, rede social exclusiva para médicos e alunos de medicina. O objetivo da comunidade é que os profissionais criem conexões, compartilhem experiências, ofereçam apoio e conversem sobre a vida além do trabalho.

No aplicativo, é possível discutir desde casos clínicos com diversos especialistas até participar de grupos sobre vinhos, viagens e restaurantes. Tudo de forma gratuita e, acima de tudo, privada e segura. Em seguida, conheça mais sobre a rede social exclusiva para médicos WeDoc.

 

Rede social exclusiva para médicos: WeDoc

 

A WeDoc tem como propósito ser um espaço em que médicos e graduandos em medicina possam se sentir em casa. Além de conteúdo específico, por meio de artigos e lives, há também o “Apoio Clínico”, em que os participantes podem discutir casos clínicos com vários especialistas. Caso prefira não se expor, o médico pode tirar dúvidas de modo anônimo.

Mas, o objetivo principal é reunir e unir esses profissionais para que possam trocar experiências além do jaleco. Por exemplo, há vários grupos sobre lazer, hobbies, cultura, esporte etc. Dentre os assuntos mais recorrentes, estão vinhos, viagens, bons restaurantes, tênis e vida financeira. Além do mais, é possível reencontrar colegas de faculdade ou da residência.

Há também as funcionalidades “Mensagens”, “Desapegos” e “Benefícios”, que oferece descontos em produtos e serviços.

 

wedoc

 

Segurança

 

Para garantir a segurança dos membros, o aplicativo segue o mesmo padrão de autenticação dos bancos digitais, com fotos de documentos e selfies para garantir o “cara-crachá” de todos.

A rede social exclusiva para médicos é gratuita. O app pode ser baixado no Google Play e App Store.

O objetivo principal do WeDoc é garantir as seguranças de dados e a privacidade dos médicos, criando um ambiente em que se sintam à vontade para conversar e trocar experiências.

 

Médicos sem Jaleco

 

O WeDoc também mantém uma página no Instagram. O “Médicos sem Jaleco” tem a descrição na bio: “De médico para médico: papo sem jaleco sobre a vida além da medicina.”.

Com mais de 16 mil seguidores, a página também gera conteúdo técnico e voltado para a vida pessoal, por meio de posts e lives.

 

Revisado por Paulo Schor, médico oftalmologista, professor livre docente e diretor de inovação da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e colaborador da Faculdade de Medicina do Hospital Albert Einstein.

 

Acompanhe o blog da Phelcom e fique por dentro das principais novidades em rede social exclusiva para médicos.

 

Inscreva-se